Book 1 – Lição 9 – Curso de Inglês – Intermediário

Know Your Holes; Heal Your Holes

The great thing about making a commitment to knowing your truest self and understanding your motivations and beliefs is that it opens up your ability to see the fears and painful wounds that you unknowingly allow to drive your life. Aware of the holes, you actually have the potential to heal and make yourself whole again.
This all gets a little clearer with the following visualization. Take out your imagination here and visualize the following. Imagine yourself standing in front of a big, round wheel of cheddar cheese, all smooth and orange.
Say “hello” to the cheese.

This cheese is you! Yes, I am asking you to think of yourself as a hunk of cheese — remember we’re playing a game. Don’t worry, you don’t have to smell like cheese, just be smooth like a wheel of cheddar.
This creamy but solid hunk of dairy product reflects you at birth — it’s whole.

Now fast-forward through your life and notice that, as you age and have experiences, the cheese changes. Its color begins to fade from bright orange to pale yellow, and the unblemished surface becomes pocked with holes. Your smooth cheddar has transformed into a chunk of Swiss cheese, full of craters. These holes represent the wounds you received throughout life, times when your feelings were hurt, events that brought sadness or embarrassment, and moments you withstood any kind of physical or emotional pain.

And we all have them!

There’s not a person alive who hasn’t been “holed.” The question is, what do you choose to do with yours? Some of us will heal our holes and become whole again, while others will continue on, year after year, living a holey, unhealthy existence.

queijo

Tradução

Conheça seus buracos; Cure seus buracos

A melhor coisa sobre se comprometer a conhecer o seu verdadeiro eu, e entender suas motivações e crenças, é que isso permite que você possa enxergar os seus medos e ver as suas feridas mais dolorosas, que você, inconscientemente, deixa que controlem a sua vida. Agora consciente desses buracos, você realmente tem o potencial de curar-se e tornar-se inteiro novamente.

Tudo isso fica mais claro com a seguinte demonstração. Ative sua imaginação aqui e visualize o seguinte. Imagine-se em frente a uma roda grande e redonda de queijo cheddar, tudo liso e laranja.
Diga “Oi” para o queijo.

Esse queijo é você! Sim, eu estou pedindo que você pense em você como um pedaço de queijo – lembre-se de que estamos apenas fazendo uma comparação de brincadeira. Não se preocupe, você não precisa cheirar como um queijo, seja liso como um queijo redondo. Este cremoso, mas sólido pedaço de laticínio, reflete você no seu nascimento – é inteiro e sem buracos.

Agora percorra rapidamente sobre a sua vida e note que, à medida que você envelhece e experimenta diferentes fases, o queijo muda. Sua cor começa a desvanecer-se de laranja brilhante a amarelo pálido, e a superfície sem máculas torna-se cheia de orifícios. Seu queijo cheddar suave transformou-se em um pedaço de queijo suíço, cheio de crateras. Esses buracos representam as feridas que você recebeu ao longo da vida, momentos em que seus sentimentos foram feridos, eventos que trouxeram tristeza ou constrangimento, e momentos em que você aguentou qualquer tipo de dor física ou emocional.

E todos nós temos feridas!

Não há uma pessoa viva que não tenha sido “furada”. A questão é: o que você escolhe fazer com os seus furos? Alguns de nós vão curar esses buracos e tornar-se-ão inteiros de novo, enquanto outros continuarão, ano após ano, vivendo uma existência doente e cheia de buracos.

Posts Relacionados: